Educação

Escola Pública x Particular em Portugal – Nossa experiência

Escola Pública em Portugal

Fala pessoal…

 Ufa…

Ano letivo começou aqui em Portugal …e finalmente criançada foi pra escola…

Digo finalmente, pois a Bela já estava na escola lá no Brasil e há 3 meses (desde que chegamos, cá em Portugal) que ela estava em casa. Isso estava me deixando extremamente agoniada.

Marina com 1 ano e 7 meses é menos preocupante. Mas a Bela precisava desse momento. E é claro…que eu também né? Vamos combinar que ficar 3 meses acordando e inventando como distrair as crianças não é nada fácil.

Rumo ao maior desafio de nossas vidas – Por que Portugal?

E o post mais esperado e pedido saiiuuu…

Todo mundo já sabe da minha vontade de sair do Brasil (se você não sabe, clique aqui que você vai saber). E todo mundo sabe que o Marcus não tinha essa vontade….mas com o tempo passou a ter essa necessidade.

Mas o que ninguém sabe e todo mundo me pergunta é: Por que Portugal?

Bem…vamos lá….

Acreditem….eu NUNCA tive vontade de conhecer Portugal, até…. conhecer Portugal.

Não sei explicar…mas Portugal nunca me encheu os olhos.

Acho que por ele ser tão parecido com o Brasil….sei lá….eu achava isso.

Rumo ao maior desafio de nossas vidas – A realização de um sonho

Ah…finalmente esse post saiu.

Estava muito ansiosa pra escrever ele. Queria que ele saísse perfeito. Mas de tanto buscar a perfeição, ficava enrolando, enrolando…então resolvi pegar o computador…e começar a escrever…e deixar a emoção me guiar.

Então vamos lá.

Vou contar um pouco da nossa mudança de pensamento desde que as meninas nasceram, até a grande tomada de decisão que mudará nossas vidas completamente.

Há quem diga que filhos são obstáculos para realização de nossos sonhos e projetos pessoais. Mas aqui em casa foi diferente. Não sei explicar. Parece que o nascimento das meninas foi um impulsionador (sei lá se existe essa palavra) na nossa busca desenfreada de conquistas pessoais.

Devo parar de trabalhar para cuidar dos filhos?

mulher-polvo2

Bem…

Vamos lá…

Esse é um assunto complexo que atormenta a maioria das mamães.

Quem não gostaria de poder fazer seu horário, ou trabalhar meio período e se dedicar a outra parte do dia aos filhos? Esse seria o mundo ideal né? Conciliar carreira e filhos.

Mas não é a minha realidade e nem a realidade da maioria das pessoas.

Quem tem me acompanhado, viu que há pouco menos de um mês larguei tudo para cuidar das  minhas filhas (quem não viu, pode ver aqui como se deu esse processo).

O desfralde – Parte 1 – Início

Oi gente….

E o grande dia chegou….hoje é o último dia da Bela de fralda. Amanhã daremos início ao processo de desfralde, ou melhor, hoje já começamos os preparativos.

Hoje eu entendo porque eu não tenho pressa de fazer as coisas com a Bela. Bela ainda chupa chupeta, ainda usa fralda (até hoje só rs), Bela ainda dorme no berço.

Quero fazer tudo no tempo dela. Quando acho que ela está preparada e quando vejo que a vontade partiu dela…aí sim é hora de iniciarmos uma nova fase.

Terrible Two…Como lidar?

terrible two

A Bela era uma menina calma, super pacífica. Não reclamava de nada.

Colocar a fralda era com ela mesmo…ficava quietinha brincando comigo. O banho então….era uma festa. Trocar de roupa ela adorava. Levantava o bracinho bonitinha pra eu colocar.

Sapato? Começou a colocar sozinha e quando não conseguia vinha até mim pedindo ajuda.

Mas da noite para o dia, toda essa calmaria passou e começaram os “NÃOS”.

Vamos tomar banho bela? NÃO QUERO TOMAR BANHO (isso mesmo…achando que tinha alguma autoridade). Bela, vamos colocar a roupinha…” NÃO VOU COLOCAR A ROUPINHA”… e assim por diante.

#ficasamantha

samnhtha

Gente,

Acabei de ver no blog Look Bebê a respeito do caso da menina Samantha.

Confesso que é difícil um caso desses me chamar atenção. Mas como partiu de um blog que acompanho há algum tempo e sei da seriedade, resolvi me inteirar do assunto.

Diz respeito a publicitária Flávia que morava nos EUA com seu marido, também brasileiro e tiveram uma filha, com dupla nacionalidade, já que nasceu lá, a Samantha.

Samantha nasceu em 2008 e logo após seu nascimento, Flávia acusou seu marido de ser violento e começou então um processo de divórcio bem complicado.

20 dicas para escolher a melhor creche para seu filho

20 dicas para escolher a melhor creche para seu filho

Oi Mamães…

O tema de hoje não é nada fácil né? A escolha da creche ideal para nossos filhos parece ser uma missão impossível. Ainda mais que normalmente essa decisão vem acompanhada de momentos difíceis como o fim da licença maternidade.

Mas não tem jeito né meninas??? Quase todas as mães mais cedo ou mais tarde passam por isso e o Encontro de Mamães ajuda você com algumas dicas para facilitar na escolha da  creche.

Seguindo essas dicas, tenho certeza que vai ser muito difícil você errar na sua escolha…Então vamos lá:

Creche, Babá ou casa da vovó?

creche, baba ou vo

Oi Gente…

Tudo bem?

Bem, esse tema é bem difícil para nós mamães né?

Quem trabalha fora, mais cedo ou mais tarde vai passar por esse dilema.

Lá em casa não tivemos muito problema quanto a isso, pois eu já tinha muito bem definido na minha cabeça o que eu queria para a Bela, e graças a Deus, tenho uma super mãe que também é uma super vó e me ajudou a colocar tudo em prática.

Mas acho fundamental tratar desse assunto aqui e ajudar as mamães e futuras mamães a responderem essa pergunta.

A difícil arte de educar – Parte II

Gente,

Eu estava toda programada para hoje fazer um post super fofo, dizendo que a Bela havia saído daquela fase difícil que eu relatei aqui.

Pois é…essa fase não durou muito.

Fim de semana foi maravilhoso, ficamos grudadas. Festinha, parquinho, papai noel, fizemos de tudo pra ela se divertir. E quando ela fica carinhosa…sai de baixo. Ela fica um grude. É uma delícia. Beijinho toda hora, “eu te amo mamãe”. Tudo é mamãe.

Pois bem, essa fase durou pouco. E ontem desandou tudo de novo.

Cheguei do trabalho e ela já não me deu muito papo. De cara já dá para sentir que não ia ser fácil.