Entre Mamães

Diástase Abdominal – Pós Parto

Olá mamães e futuras mamães,

Esse post é bem útil para vocês.

Vocês já ouviram falar em diástase abdominal?

Fui diagnosticada (descobri sozinha, não sei se posso usar esse termo rs) recentemente com diástase.

Mas o que seria isso?

Diástase, é quando alguns músculos abdominais se afastam durante a gravidez, gerando um abaloamento da região central da barriga, além de dor na lombar e na perna. Como na foto abaixo.

diastase-2

Em quem aparece?

A diástase costuma aparecer em mulheres com mais de uma gravidez, ou mulheres com falta de fortalecimento no abdômen. Como vocês podem ver, rs. era óbvio que eu teria.

Devo parar de trabalhar para cuidar dos filhos?

mulher-polvo2

Bem…

Vamos lá…

Esse é um assunto complexo que atormenta a maioria das mamães.

Quem não gostaria de poder fazer seu horário, ou trabalhar meio período e se dedicar a outra parte do dia aos filhos? Esse seria o mundo ideal né? Conciliar carreira e filhos.

Mas não é a minha realidade e nem a realidade da maioria das pessoas.

Quem tem me acompanhado, viu que há pouco menos de um mês larguei tudo para cuidar das  minhas filhas (quem não viu, pode ver aqui como se deu esse processo).

Sling – Se eu consegui, qualquer uma consegue!!!

sling-capaQuem me acompanha no instagram (https://www.instagram.com/encontrodemamaes/), sabe que o nascimento da Marina me transformou em uma super slingueira.

Mas nem sempre foi assim rs.

Para quem não sabe, sling é todo carregador de bebê, não estruturado, que permite formar uma espécie de saco ou rede, onde se carrega o bebê próximo ao corpo em várias posições. (uma versão moderna dos antigos carregadores utilizados há séculos por diversas culturas, como a indígena, africana e asiática).

Confesso que sempre olhava na internet as mães slingando, morria de vontade, mas do jeito que eu sou estabalhoada e sem jeito, nem cogitava a hipótese de ter um treco desses (sim, eu achava que isso era um treco que ia ficar ocupando espaço no meu armário).

Um brinde a nós…

casamento-1

19/09/2009, o dia em que eu digo SIM e assino o papel, nos unindo oficialmente e dando início a nossa família.

19/09/2016, o dia em que completamos 7 anos de casado e o dia em que eu assino o papel, me desligando oficialmente da minha empresa e podendo me dedicar 100% a nossa família …tão sonhada.

OK, sei que se passaram 11 dias do nosso aniversário. Mas os últimos acontecimentos não me permitiram sentar e escrever da forma que essa data merece.

São 7 anos de casados e 13 anos juntos.

A primeira semana de uma recém dona de casa

dona-de-casa

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Oi Gente…

Tudo bem?

Nossa…fiquei tão feliz com a repercussão do último post (Filho x Carreira – A decisão mais difícil da minha vida!) que resolvi contar um pouco de como está sendo essa primeira semana em casa, afinal de contas, trabalho (ou melhor rs…trabalhava)na minha área desde os meus 18 anos.

Ferradura Resort – Um paraíso para pais e filhos

Olá meninas…

Quanto tempo né?

Estava morrendo de saudades de escrever, mas com a correria do trabalho e da filhota, nem sempre as coisas saem como planejadas.

Bem, hoje eu vim falar de um lugar que eu conheci despretensiosamente (afff….falei bonito) na semana santa.

Mas antes de começar, quero dizer que esse post não tem cunho comercial nenhum e eu não estou ganhando absolutamente nada com isso.

Acho que aqui somos tão carentes com serviços para crianças, que quando descobrimos algo desse tipo e bom, p sair contando para as mamães rs.

O primeiro ano do bebê também é o primeiro ano de uma mãe

“Quando nasce um bebê, também nasce uma mãe.”

E não tem frase melhor para retratar esse primeiro momento da maternidade: o primeiro ano de vida do bebê.

Não adianta cursos, não adianta livros e não importa quantos filhos você tenha, cada bebê é único e é no primeiro ano de vida que você aprende a ser mãe e ele filho.

É nesse ano que o bebê mais demanda da sua mãe. Mesmo dando sorte, como eu, de ter um marido super participativo e pais que me ajudam muito, não adianta, nessa fase é a mãe ou a mãe.

O desfralde – Parte 1 – Início

Oi gente….

E o grande dia chegou….hoje é o último dia da Bela de fralda. Amanhã daremos início ao processo de desfralde, ou melhor, hoje já começamos os preparativos.

Hoje eu entendo porque eu não tenho pressa de fazer as coisas com a Bela. Bela ainda chupa chupeta, ainda usa fralda (até hoje só rs), Bela ainda dorme no berço.

Quero fazer tudo no tempo dela. Quando acho que ela está preparada e quando vejo que a vontade partiu dela…aí sim é hora de iniciarmos uma nova fase.

Eczema Atópico – O que é? e Como prevenir?

Oi Meninas, tudo bem?

Esses dias, ainda no finalzinho do carnaval, a Bela apareceu com a pele do tronco e das costas toda áspera devido a umas bolinhas. Essas bolinhas não eram vermelhas. Eram da cor da pele, como se os poros estivessem arrepiados, assim como quando ficamos com frio. Não coçavam muito, somente o bumbum que estava em contato com a fralda.

No começo achei que eram simples brotoejas, já que aqui está muito quente e a Bela passou o carnaval todo com roupa de princesa (roupas lindas, mais insuportavelmente quentes.)

Idéias criativas de pratos para ajudar na alimentação da criançada.

Seu filho chegou naquela fase que está difícil comer qualquer coisa…e você fica feliz só dele colocar um pirulito para dentro? rs

Saiba que todas as mães passam por essa fase. A alimentação dos pequenos muda muito ao longo do desenvolvimento, e nos picos de crescimento ela fica ainda mais prejudicada.

O que temos que ter em mente é que não devemos forçar nenhum e tornar a hora da refeição uma hora de descontração e prazer.

Mas ao mesmo tempo, temos que nos impor e passar para eles que somos nós que sabemos o que é melhor  definimos o que eles precisam comer.