Desacelere…Por você…Por eles…

A vida ligada no piloto automático blinda nossa visão, impedindo que enxerguemos as coisas na sua essência e nos entreguemos por inteiro no momento.

Quantos dias você não acorda pensando no que dar de café da manhã para as crianças, na roupa que tem que ir pro trabalho ou na conta que tem que pagar?!

Ok! Você deu o café da manhã… saiu pra trabalhar com aquela roupa que você ficou montando na sua mente. Pagou sua conta. E agora? Qual vai ser o almoço delas? E o meu? Putz tenho que ir no mercado… E o relatório pro chefe? Vou fazer antes ou depois da reunião? Putz mas hoje eu tenho reunião na escola! Como vou fazer? Amanhã chego mais cedo… ou não… saio mais tarde, é melhor…

Confessa…É ou não é assim na maior parte do tempo?!

Aqui em casa como mãe de duas é exatamente assim:
“Bela, vamos tomar banho! Seu pai escovou o seu dente? Calça lá o sapato! Marina, fica aí no carrinho enquanto dou o almoço da sua irmã. Putz! Marina dormiu. Bela, Pega a mochila e corre que estamos atrasadas.” Corre…corre…corre… e quando eu olho ela cresceu.
Quando eu olho as duas cresceram.

Meu Deus… quanto tempo eu não fico assim, como nessa foto com a Marina?! Quem me acompanha no #stories no instagram (se você ainda não segue…corre lá: (https://www.instagram.com/encontrodemamaes/) viu eu ninando ela… uma coisa que faz tempo que eu não faço. Talvez por ter que cuidar da mais velha, talvez por falta de tempo, talvez uma desculpa pelo excesso de informação que carrego e coloco nas meninas e ficar parada ninando daria uma certa angustia…sensação de tempo perdido?! #quemnunca #mejulguem .

O fato é que esses dias a Marina estava irritada. Ontem o dia foi complicado. Ela não dormiu. Eu me irritei. Mas talvez ela só estivesse querendo que eu desacelerasse.. que tirasse essa venda dos meus olhos que me impedem de ver a magnitude do momento presente.

As vezes precisamos de um choque de ralidade pra essa cegueira temporária passar e vermos as coisas da maneira mais banal.
.
Bem… , essa semana foi o Dia Internacional da Mulher e dentre todos os bônus de ser mulher com certeza esse é o mais importante. Termos a sensibilidade de perceber, nos reiventar e fazer diferente… resolvendo GRANDES problemas… com pequenas atitudes.

Deixe um comentário