Diástase Abdominal – Pós Parto

Olá mamães e futuras mamães,

Esse post é bem útil para vocês.

Vocês já ouviram falar em diástase abdominal?

Fui diagnosticada (descobri sozinha, não sei se posso usar esse termo rs) recentemente com diástase.

Mas o que seria isso?

Diástase, é quando alguns músculos abdominais se afastam durante a gravidez, gerando um abaloamento da região central da barriga, além de dor na lombar e na perna. Como na foto abaixo.

diastase-2

Em quem aparece?

A diástase costuma aparecer em mulheres com mais de uma gravidez, ou mulheres com falta de fortalecimento no abdômen. Como vocês podem ver, rs. era óbvio que eu teria.

Além disso, bebê muito grande, excesso de líquido amniótico e excesso de peso podem ajudar no surgimento da diástase.

Como eu descobri?

Já tem 9 meses que a Marina  nasceu e comecei a achar estranho minha barriga ainda não ter voltado.

Pesquisei então no google utilizando aquelas expressões básicas: “minha barriga não voltou após o parto”, “dei a luz e minha barriga não volta”, etc. e começou a aparecer esse termo.

Vi alguns vídeos e fotos e minha barriga estava exatamente como a das imagens. Sem tirar nem por.

Um dos vídeo que eu vi, ensinava você a deitar no chão e levantar o tronco como se fosse fazer um abdominal. Nesse momento você já percebe uma protuberância na barriga.

Com o tronco suspenso, você apalpa o abdômen acima do umbigo e percebe o espaçamento entre os músculos. Se o espaçamento for de um ou dois dedos, você está no nível inicial, caso contrário você está em um estágio mais avançado. Tomografia e ultrassom também ajudam a detectar o grau da diástase.

Tem tratamento?

A boa notícia é que SIM, tem tratamento. Se você estiver no estágio inicial, basta fazer alguns exercícios com orientação de um profissional que tudo se resolve.

Se for um estágio mais avançado, além dos exercícios, deve-se fazer fisioterapia e tratamentos estético e em alguns casos até cirurgia.

Mas lembre-se…é muito importante o acompanhamento por um profissional, pois alguns exercícios podem piorar esse afastamento dos músculos.

Posso prevenir?

Sim. O fortalecimento dos músculos antes da gravidez podem ajudar na prevenção, mas não é garantia de que você não terá diástase.

Com a gravidez gemelar ou uma segunda gravidez por exemplo, pode ser que você tenha.

Mas uma boa notícia meninas.

Desde que descobri, comecei a mudar a alimentação e fazer exercícios voltados para quem teve filho recentemente. Esses exercícios ajudam a fortalecer as partes do corpo mais afetadas pela gravidez,

Compartilhe com suas amigas gravidinhas ou as futuras mamães para que elas não sofram desse mau.

 

Deixe um comentário