Dicas para viajar de Avião com o bebê

Final de ano chegando e nada melhor do que planejar as férias com nossos filhotes.

Esse ano a família tralha vai passar alguns dias na Europa e eu como mãe neurótica que sou já estou pensando no avião.

Ano passado, quando a Bela tinha apenas 1 ano e 2 meses também fomos passar uns dias em Amsterdã, Londres e Paris e tenho que admitir que ser mãe neurótica me rendeu bons frutos no avião, pois deu tudo muito certo e pretendo repetir tudo de novo. E é claro que as dicas da vovó da Bela (minha mãe) também ajudaram muito.

Abaixo segue uma dicas que me levaram a ter uma viagem sossegada com a Bela.

Comprando as passagens

Depois de ter escolhido o destino, é hora de escolher o horário do vôo. A melhor coisa que eu fiz foi viajar de noite. Nosso vôo foi 20 hs da noite e a Bela já estava morrendo de sono. Entrou no avião e dormiu. Dormiu como se estivesse em casa e só acordou faltando poucas horas para terminar o vôo.

A volta foi de manhã e ela ficou mais agitadinha, mas mesmo assim. Seguindo as dicas abaixo ela se comportou como uma lady e deu tudo certo.

Crianças até 2 anos não pagam passagem, mas têm que viajar no colo dos responsáveis. Depois que a criança faz dois anos, ela já precisa de assento e paga passagem sim.

Ahhhh…super importante na hora de comprar passagem, informar que você está viajando com um bebê. Você pode até optar por reservar papinhas para dar durante o vôo e reservar um bercinho que é acoplado na parede. Vou falar disso mais abaixo.

Documentação

Super importante verificar a documentação antes de viajar com o bebê.

  • Passaporte – Bebê precisa sim de passaporte se for fazer uma viagem internacional. E o passaporte do bebê tem uma validade diferente da nossa, que varia de acordo com a idade. Fique atenta para a validade do passaporte e visto caso seu destino exija.
  • Certidão de nascimento ou RG – Deve-se apresentar a certidão de nascimento ou RG (caso o bebê tenha) para comprovar a filiação. Esses documentos devem ser os originais.
  • Autorização – Caso a criança viaje somente com um dos responsáveis, é necessário levar uma autorização assinada pelo responsável ausente, reconhecida em cartório.

Bagagem de Mão

Na bagagem de mão eu levei o essencial:

  • 3 mudinhas de roupa caso ela sujasse;
  • Algumas fraldas lencinho umedecido e pomada, já que eram 12 horas de vôo;
  • Apesar de ter reservado a papinha, optei por levar mesmo assim uma comidinha e biscoitos. A papinha deles não era brasileira e o tempero era muito diferente. A Bela acabou estranhando.
  • Remedinho de nariz. No caso de remédio, o melhor é despachar já que eles são bem rigorosos.

Durante o vôo

Carrinho de bebê – Consulte a empresa em que você vai viajar, pois a maioria delas permite que você vá com o carrinho (aqueles guarda-chuvas) até a porta da aeronave sem cobrar nada por isso e sem contar como bagagem de mão. Lá eles guardam e devolvem na hora de sair do avião.

Bercinho – Não contratei o bercinho com antecedência, mas na hora do embarque eles me ofereceram sem custo nenhum. O bercinho é um adianto, a Bela dormiu a viagem toda nele. Mas o ideal é para crianças menores de até uns 8 meses. A Bela dormiu, mas ficou um pouco apertadinha.

Cuidados com o ouvido – Na hora da decolagem e do pouso é fundamental que a criança sugue alguma coisa para não ter problemas no ouvido. No caso da Bela eu dei a chupeta, mas pode ser o peito, mamadeira, um copo de água. Pediatras recomendam também lavar o nariz com soro durante a viagem para prevenir doenças no ouvido como otite.

Diversão – E por último, mas não menos importante, não podemos esquecer da diversão deles durante o vôo. É fundamental levar sempre um brinquedinho que eles gostem, mas dê preferência a brinquedos silenciosos e que não invada o espaço dos outros. Além de videozinhos de desenho. Na última viagem, salvei alguns vídeos da galinha pintadinha, levei uns bonequinhos da Bela e deu tudo super certo. Para a próxima viagem estou pensando em levar um livrinho de pintura que ela ama.

Tenho certeza que com essas dicas você terá uma viagem super tranquila ao lado do seu filho (a).

No aeroporto

 

2 comentários sobre “Dicas para viajar de Avião com o bebê

Deixe um comentário