A difícil arte de educar – Parte I

Como o objetivo do blog é mostrar a vida real e não a vida perfeita, preciso relatar o que aconteceu hoje de manhã.

A Bela está na sua fase mais difícil. Muito carinhosa quando quer, mas quando não quer….sai de baixo.

Ontem a noite estava cheia de amores: Mamãe te amo pra cá….mamãe te amo pra lá. Hoje no banho a mesma coisa. Me ajudou a lavar meu cabelo e ainda disse: “Mamãe…seu cabelo tá lindo…adoreiiiii”. Resumindo: Uma Lady.

Mas, foi só eu falar a frase mágica: “Bela, arruma os brinquedos que vamos sair”

Pra quê? … A cara fechou. E só veio a resposta: “Não quero”, seguida de um bico do tamanho de um bonde e de um braço cruzado (aquele pingo de gente, cheio de marra…num guento).
Se parasse aí tudo bem. Mas não. Ela continuou…abrindo todos os shampoos…jogando tudo no chão e fazendo mal criação.

Respirei fundo e falei: “Isabela, arruma tudo e vamos sair.” E novamente a resposta: “Não quero sair”, seguido do mesmo bico e mesmo braço cruzado.

Não desisti e tentei de novo: “Isabela, vou sair. Quero tudo arrumado. Se eu voltar e estiver essa bagunça você vai ficar de castigo”.

Eis que ela me responde: “NÃO VOU SAIR…VOU FICAR BRINCANDO.” E cumpriu. Sentou no chão e ficou brincando com os shampoos, cremes e brinquedos.

Aí não teve jeito. Tirei ela do banho, vesti, desliguei a TV e dei meu sermão, falando que aquilo era feio e que ela ia ficar de castigo.

5 minutos depois voltei e disse: “Isabela, você vai pedir desculpa pra mamãe?” Eis que vem a resposta: “NÃO”.

Não me restou outra opção a não ser cancelar nosso programa matinal de ir no parquinho e deixá-la pensando no que fez.

É pessoal…realmente educar não é fácil. Tive que mudar toda a programação da manhã …mas foi a melhor coisa que fiz.

Bela veio sozinha me pedir desculpa e reconheceu que fez mal criação e eu tive a sensação de dever cumprido.

Com muita paciência e amor a gente chega lá….

Olha a cara de mau humorada na hora do castigo.

foto

 

Um comentário sobre “A difícil arte de educar – Parte I

  1. Paty

    Amiga PARABÉNSSSS pelo Blog! Tenho certeza que vai mto longe, afinal junto com a Belinha, minha afilhada (metida né !), nasceu uma super mãe!
    Já li tudo, amei!!!:)))
    Beijos
    Paty

Deixe um comentário