O pior dia da minha vida!

Estava eu pensando aqui no que escrever no Blog e não sei porque me veio em mente o pior dia da minha vida: O dia em que a Bela caiu da minha cama com apenas 6 meses de idade.

Acho que pode servir de alerta para as mamães e futuras mamães.

Isso mesmo, a Bela caiu da minha cama, que era uma cama BOX, ou seja, beeemmm alta com apenas 6 meses de idade.

Tínhamos acabado de chegar da rua.
Eu trazia um lanche e estava morrendo de fome e ao chegar, coloquei a Bela para dormir na minha cama (como sempre fazia e faço até hoje).

Fiquei um pouquinho com a Bela até ela dormir e fui para a cozinha lanchar com meu marido. Quando de repente escuto um barulho muito alto e seco.

Não quis acreditar e um filme passou na minha cabeça nos 3 segundos que demorei pra chegar no quarto.

Ao abrir a porta, olhei para a cama e cadê a Bela?

Parecia que tudo tinha parado naquele momento…e de repente ouço um choro vindo do outro lado da cama….do chão.

Minha pequena tinha rolado da cama. Estava de barriguinha para baixo e com um cortezinho na boca.

Eu a peguei no colo desesperadamente, e como estava muito nervosa meu marido a segurou.

Fiquei perdidinha…..chorava compulsivamente…assim como ela.

Tentamos acalmá-la….liguei para pediatra e ela fez as perguntas básicas:

  • Ela chorou após o tombo?
  • Ela vomitou?
  • Ela dormiu?

Depois me pediu para apalpá-la para ver se não tinha quebrado nada….e aparentemente não tinha.

Me passou gelo pra boquinha e pediu para a Bela ficar em observação nas próximas 24 horas e tentar evitar que ela dormisse de imediato.

Agora me diz…como é que faz para deixar acordado um bebê sonolento no auge do seu sono, que acabou de cair e estava exausto de tanto chorar. Nem preciso dizer que passei a noite em claro.

Até hoje me culpo, mas depois em conversa com amigos e pediatra, vi o quão frequente isso acontece. E vi que sim….vamos nos culpar sempre….afinal de contas, somos mães e queremos sempre o melhor pros nossos filhos e sim…vamos nos surpreender com a nossa reação.

Confesso que me senti frustrada. Sempre falei que não ia ter tempo ruim e nem frescura com meus filhos, mas na prática é bem diferente. Eu simplesmente travei. Mas ser mãe é isso…aprender mais do que ensinar…e superar seus medos a cada dia…e sei que fiquei mais forte com isso.

Portanto mamães…evitem deixar o filho sozinho na cama sem proteção.

Eu fiz, achando que a Bela, por ser pequenininha não iria  andar pela cama e me estrepei.

A evolução deles é muito rápida…e se um dia eles mal abrem o olho, no outro já estão todos serelepes.

E se acontecer com vocês, analisem os sinais básicos que a pediatra falou e não entrem em pânico. Aprendi também que os ossos do bebê, principalmente da cabeça são flexíveis e estão preparados para esse tipo de queda.

foto

3 comentários sobre “O pior dia da minha vida!

Deixe um comentário