gravidez

Os meus maiores medos na gravidez

Quando engravidamos, principalmente se for a primeira gravidez, uma enxurrada de dúvidas tomam conta da gente.

Aí o que acontece? Corremos pra onde? Dr. GOOGLE é claro (sim…temos um obstetra, mas sempre apelamos para o GOOGLE para tirarmos nossas dúvidas, é ou não é verdade?) e aí já era. Uma notícia puxa a outra, e você começa a ver as coisas mais bizarras da face da terra, e o pior….você começa a sentir todas aquelas coisas que você cismou que tem…mas em 90% dos casos não tem.

Minha experiência com o colar de âmbar!

Se você é mãe de criança, provavelmente já ouviu falar no Colar de Âmbar, certo?

Se não ouviu, provavelmente já viu no pescoço de vários bebês, aquele colar super estiloso, na cor caramelo, feito com várias pedrinhas. Com certeza já viu né?

Esse colar é chamado colar de âmbar do mar báltico.

Muito vemos na internet sobre informações técnicas desse colar. Mas pouco vemos de experiências de mães relatando se deu certo ou não com seus bebês.

Diástase Abdominal – Pós Parto

Olá mamães e futuras mamães,

Esse post é bem útil para vocês.

Vocês já ouviram falar em diástase abdominal?

Fui diagnosticada (descobri sozinha, não sei se posso usar esse termo rs) recentemente com diástase.

Mas o que seria isso?

Diástase, é quando alguns músculos abdominais se afastam durante a gravidez, gerando um abaloamento da região central da barriga, além de dor na lombar e na perna. Como na foto abaixo.

diastase-2

Em quem aparece?

A diástase costuma aparecer em mulheres com mais de uma gravidez, ou mulheres com falta de fortalecimento no abdômen. Como vocês podem ver, rs. era óbvio que eu teria.

Estou grávida…Mas a ficha não caiu!

teste-de

Gente,

Semana passada recebi uma das melhores notícias que poderia receber de final de ano. Minha melhor amiga, madrinha de consagração da Bela descobriu que está gravidíssima.

Fiquei muiittooo feliz com a notícia. Um bebê é sempre muito bem vindo, ainda mais quando é de uma pessoa que amamos.

Mas, na nossa primeira conversa por telefone (que confesso que estou em falta, com essa correria do dia a dia), a primeira coisa que ela me falou foi que a ficha ainda não tinha caído.

E comecei a fazer uma retrospectiva e lembrar da minha gravidez.